quinta-feira, setembro 08, 2005

A nova Troia


Antes era assim... e o futuro, como será?
Na década de 60, deu-se inicio à construção de vários edifícios na península de Troia. Aconteceu que estas duas torres acabaram por nunca serem concluídas. Porquê? O povo tem as suas teorias: "Estão a afundar-se na areia" ou "o dinheiro acabou", etc. O que é certo é que passaram 40 anos e todo aquele investimento que nunca foi utilizado vai ser agora totalmente desmanchado em apenas 4 segundos!
Em 4 segundos serão implodidos os dois edifícios que apenas servem de abrigo aos morcegos-rabudos. Alguém sabia que existem lá morcegos-rabudos? Pois é, estes animais raros habitam no 7º andar da torre T04 e, segundo o "Correio da Manhã" (http://www.correiodamanha.pt/noticia.asp?id=172677&idselect=10&idCanal=10&p=94), foi construído um morcegário mas que não agrada a estes animais! Segundo consta, a Quercus está preocupada com este assunto. Como curiosidade, existe uma colónia deste tipo de morcegos na área do Alvão/Marão.
Morcegos à parte, aquilo que dava a sensação de que Tróia estava em constantes obras (e que nunca irião acabar) está prestes a ir a baixo para se dar inicio a uma nova Tróia: A Tróia Resort!! Uma marina, um centro de congressos e um hotel-casino prometem dar uma esperança àquilo que em tempos seria um paraíso turístico.
Por enquanto, todos estão contentes com estas implosões (http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=13&id_news=191331). Espero que este investimento seja levado até ao fim e que todas as espectativas sejam alcançadas!

5 comentários:

JP disse...

A Quercus não tem que se ralar. O Porta-Voz oficial dos morcegos rabudos já se terá congratulado com a garantia da SONAE em como lhes está reservado um lugar muito melhor. Ao fim e ao cabo, já estavam um bocado fartos das más condições em que viviam (incómodas correntes de ar e excesso de luminosidade durante o dia), e estão entusiasmadíssimos com o novo projecto, tendo até já efectuado pré-reserva no Hotel Casino (são tarados por Blackjack). Consta até que já deram entrada para um iate, para melhor aproveitamento da Marina.

pi disse...

falta de sentido de humor... atão não esperavam mais uns diazitos e não atiravam c'as torres ao chão no dia 11 porquê?

pi disse...

a malta de TSF esteve em grande: parece que pensaram em doar as torres à associação de eutanásia, que colocariam umas pranchas... mas a mais engraçada foi a ideia de doar as torrezitas à Al Qaeda para treinos...

pi disse...

enganei-me, não foi a malta de tsf, foi da antena 3!

JP disse...

Como dizia o Nilton ontem à noite, ao ouvir "...4...3...2...1...0", o que esperava é que as torres se elevassem no ar.